terça-feira, 21 de setembro de 2010

Machismo vem do berço

Posso estar em coma e você nem perceber
Posso ser sol, posso ser chuva e sem mais me entorpecer
Posso seguir meus próprios passos e te encontrar nos meus acasos

Porque eu sou Lucida, feminista, independente e de atitude
A minha repulsa é ver você dominada por um cara
que se acha no direito de se engrandecer.
Mas esses mentes-vazias terão que me entender

Revolução!
Mulher não é nenhum objeto
Revolução
Nem inferior

Fraco é você que se diz superior
E acha que garotas não têm nenhum valor
Somente o fútil, o comum e o supérfluo lhe agradam
Não me intimidam suas idéias, não significam nada
Desprotegida está sua mente pra revolução que lhe aguarda


Revolução!
Mulher não é nenhum objeto
Revolução
Nem inferior




Musica feita por: Lucida

Nenhum comentário:

Postar um comentário