domingo, 3 de outubro de 2010

Um grande dia!

Hoje é dia 03 de outubro de 2010. Dia de votação! Hoje é o 1° turno das eleições para os cargos de deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente. Este ano, todos podem votar, exceto pessoas abaixo de 16 anos. Até os presidiários terão direito de voto.

Isso me lembrou que há 79 anos, foi criado um novo Código Eleitoral, no qual algumas mulheres podiam votar (as solteiras ou viúvas que comprovassem renda própria; ou as casadas, mas somente com a permissão do marido). Mas nós não nos contentamos, e com a pressão feminista quanto às restrições, o governo de Getúlio Vargas ampliou o direito ao voto a todas as mulheres: em 24 de fevereiro de 1932 foi promulgado o Código Eleitoral que igualava a mulher aos homens quanto ao voto: o eleitor era descrito no código como "o cidadão maior de 21 anos, sem distinção de sexo...".



Tenho orgulho de viver em uma época em que mulheres e homens são iguais perante a lei. Orgulho da Revolução que minhas antecessoras impuseram. Que muitas outras revoluções sejam feitas! Então, você que está lendo isso, ide à sua zona eleitoral e faça com orgulho o uso do seu direito como cidadão e cidadã! Direito este que lhe foi concebido com muita luta. Usai de tua cidadania, de tua democracia. Lembra-te que há pouco mais de 79 anos, vois não tinhas este direito.Votemos pensando no futuro. Votemos com sabedoria. O poder está em nossas mãos.






 - Heloísa Vasconcelos

2 comentários:

  1. Votei pela primeira vez hoje!
    Fiquei muito feliz *_*
    Pela primeira vez senti a textura daquelas teclas e a satisfação daquela musiquinha de finalização.
    Bravo! Sou uma cidadã!

    ResponderExcluir
  2. Exerci o meu direito, porém, a eleição não é a unica ferramenta do povo, lembremos que a Constituição é clara no 1° paragrafo:

    "Todo poder emana do povo e somente dele..."

    Então, tanto podemos eleger como fazer impechtman, fazer leis como a "ficha limpa", convocar plebiscitos e referendo se assim desejarmos.

    O Povo é soberano, porém, só usara esta soberania quanto tiver compreensão desta força.

    ResponderExcluir