quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

5 minutos de conversa

Eu vejo as pessoas
As mentalidades, os costumes
E eu me sinto só
Com toda a confusão da palavra solidão
Essa nossa que nos acompanha
E não nos deixa sozinhos

Como é triste viver
Como é injusto ter a opção
De ser feliz e satisfeito
Mas isso ser proibido
Ser discriminado
Você discriminado na solidão

Como manter sua personalidade
Num mundo onde todos tentam adequar-se?
Como continuar pensando como o excluído
O diferente, o anormal, o amoral, o louco.
Você pode não ter a verdade absoluta
Mas você faz a sua própria verdade, não a de outrem.

Por que você não pode manifestar-se
Por que não pode revidar alguém?
Você pode estar totalmente enganado
Mas você tem o direito de errar
Só porque você tem o direito de pensar
Então pensa!

Deixa a tua marca
Onde quer que você passe
Seja lembrado
Mas pelo amor de Deus
Seja alguém com quem valha
míseros 5 minutos de conversa.



Le feminisme ou la mort!

2 comentários: