quarta-feira, 30 de março de 2011

Simone de Beavoir


" Ninguém nasce mulher . Torna -se mulher ."
09/01/1908, Paris (França)
14/04/1986, Paris (França)
Simone Lucie-Ernestine-Marie-Bertrand de Beauvoir nasceu em Paris, em 1908. Forma-se em filosofia, em 1929, com uma tese sobre Leibniz. É nessa época que conhece o filósofo Jean-Paul Sartre, que será seu companheiro de toda a vida.
Em 1945, ela funda, com Sartre, o combativo periódico Les Temps Modernes. Escritora e feminista, Simone de Beauvoir fez parte de um grupo de filósofos-escritores associados ao existencialismo - movimento que teria enorme influência na cultura européia de meados do século passado, com repercussões no mundo inteiro.

Em 1949 publica O Segundo Sexo, pioneiro manifesto do feminismo, no qual propõe novas bases para o relacionamento entre mulheres e homens. Os Mandarins é de 1954; nesse mesmo ano, Beauvoir ganha o prêmio Goncourt. Ela e Sartre visitaram o Brasil entre agosto e novembro de 1960; foram também a Cuba, recebidos por Fidel Castro e Che Guevara. Sempre tiveram marcada atuação política, manifestando-se contra o governo francês por suas intervenções na Indochina e na Argélia; contra a perseguição dos judeus durante a Segunda Guerra; contra a invasão americana do Vietnã e em muitas outras ocasiões. Simone de Beauvoir morreu em Paris, em 14 de abril de 1986. Entre seus muitos livros, vale ressaltar O Sangue dos Outros (1945), Uma Morte Muito Suave (1964) e A Cerimônia do Adeus (memórias da vida com Sartre, 1981).
Bem pessoalmente falando Simone de beavoir foi digamos que o pai para o movimento feminista , a frase no começo do texto sugere que o genero é construido pela história, pela sociedade. É apenas uma bagagem de ideologias imbecis. Porque meninos tem que usar azul e meninas rosa, porque existem travestis e mulheres que se vestem como homem? É porque nada disso é natural , muito menos instintivo é uma construção social. Pensando como feminista que sou deveria defender as mulheres e tudo mais , mas pensando do modo como Simone pensou ao escrever o livro o segundo sexo no qual ela nos fala sobre as limitações dos gêneros e si e que gênero é uma construção social do ser homem ou do ser mulher. Mas não significa que você ter pênis quer dizer que você é do gênero masculino e se você tem vagina, vc é do genero feminino afinal um travesti é feminino enfim isso vai mais longe do nós podemos imaginar antes de terminar eu queria agradecer a uma querida amiga que foi com quem eu aprendi muita coisa sobre gênero e me mostrou que ser feminista não implica em me focar em um só gênero mais sim na igualdade e liberdade que é razão pela qual me motivo , muito obrigado Lôaiza Vásquez pela colaboração com a matéria .


*Gottfried Wilhelm von Leibniz foi um filosofo , diplomata . cientista e bibliotecário alemão.

bijuh

3 comentários:

  1. Vamos parar com essa briga de sexos! Penis e vaginas foram feitos pra se darem bem!

    ResponderExcluir
  2. kkkk adorei essa axo q e´por isso q se encaixam perfeitamente ........

    ResponderExcluir