quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Quero que você me olhe

Quero que você me olhe
Que me note
Que me veja como eu te vejo
Lindo, maravilhoso, perfeito.

Quero que você perceba
Que não estou aqui para brincadeira
Quero que me veja com um olhar diferenciado
Que reconheça que sou diferente de tudo que já viu.

Tenho que te contar uma coisa
Mas hoje não tenho coragem,
Talvez amanhã também não terei
Mas planejo minuciosamente como um dia te contar.

Não foi por acaso que apareceu na minha vida
Será que não percebe que foi tudo planejado?
Por quem não sei, mas é muita sorte tudo ter acontecido...
Foi muita sorte eu ter te conhecido.

Te ver todo dia não basta
Prefiro não ver nunca mais
Pois quero ter-te por inteiro
Metade só não basta.

Estou agora do seu lado,
Mas como posso estar tão distante?
Mais do que querer que você me olhe,
Quero que você me encontre.



Bruna de Souza Magalhães

2 comentários: