sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Unicórnio Saltitante na Terra dos Pôneis

Porque a maioria dos homens odeia o feminismo?
Porque eles não sabem o que é.


A maioria dos homens têm uma falsa idéia do feminismo. Porque eles acham que é uma afronta direta a eles. Uma ameaça.
Eles acham que feminismo é a mulher fazer o homem de escravo. "Roubar" o emprego dele e fazê-lo lavar a louça enquanto ela assiste televisão e faz as unhas.
É claro que não é bem assim, pelo contrário, de jeito NENHUM é dessa maneira. O feminismo é a plena igualdade. Nós não vamos "roubar" o seu emprego, nós vamos competir de igual para igual e consegue quem for o melhor. E quem conseguir, seja o homem ou a mulher, não vai ter roubado nada de ninguém, pois vai ter conquistado uma coisa que ela batalhou e se preparou para isso.


E a questão dos afazeres domésticos, todo mundo tem que fazer porque todo mundo suja louça, roupa e a casa. Quando um casal mora junto, a casa não é mais de um do que do outro. Os dois moram nela e os dois são responsáveis pela manutenção da mesma. Nada mais justo, correto?
Tem homem que acha que o feminismo é uma afronta porque são pessoas acomodadas com o padrão de família que sempre viram. O problema é que cada família é uma família. Tem lares que a mulher faz o serviço da casa e o homem trabalha. E vice-versa. Tem casa que os dois trabalham, e os dois fazem as tarefas domésticas juntos. It doens't make sense to you?


Os homens (e mulheres) que realmente sabem o que é o feminismo e para que veio, não saem por aí dizendo que é bobagem. Os que sabem, defendem. Porque sabem que feminismo não é um bicho de sete cabeças e não faz nenhum mal para ninguém. Pelo contrário, nós só melhoramos como seres humanos.


Tem pessoas que têm idéias feministas, mas não admitem que são de jeito nenhum. Eu não entendo essa vergonha do feminismo. Não há mal nenhum em gritar "EU SOU FEMINISTA SIM". Isso é atitude! Ser feminista é motivo de orgulho, não de vergonha. Muito sangue foi derramado por esses ideiais!


Pode também ser o "ismo" do feminismo que assusta as pessoas. Tudo que tem ismo no final dá a impressão de algo muito sistemático que deve-se seguir e idolatrar fervorosamente, como se fosse uma religião. Sinceramente, pra mim o feminismo poderia ter qualquer nome. Até mesmo se fosse chamado de "Unicórnio Saltitante na Terra dos Pôneis". Eu procuraria conhecer e saber do que se trata esse tal Unicornio e se eu concordasse com as idéias, eu sairia por ai pregando todas as idéias do "Unicornio Saltitante na Terra dos Pôneis", criaria Blogs defendendo e discutiria até o fim por ele, por que não??


Então, o recado que eu vou deixar e que eu gostaria muito que essas pessoas ouvissem é: Você não é mais aquela criançinha que diz pra mamãe "Ahhh não gosto disso" sem ao menos ter provado. Conheça a fundo as coisas, procure entender e se informar, depois que você souber realmente qual o significado, você diz se gosta ou se não gosta, e o porquê. Entendido??



Monike Alves Lopes (Nikk)

6 comentários:

  1. "Unicórnio Saltitante na Terra dos Pôneis", assuma vai, esse titulo é frutodu uso da marola, do cogumelo ou da pedra?

    ResponderExcluir
  2. Curti o blog.

    É bem diferente de todos os blogs e outras coisas que são abordadas por aí.

    Sobre essa ideia dos homens terem uma falsa ideia sobre feminismo, eu nem sabia disso... Até onde eu sei são poucos os homens que falam mal/reclamam sobre feminismo.

    Eu particularmente não gosto de atitudes feministas (nem machistas ¬¬''). Homem falando que lugar de mulher é no tanque ou na cozinha.... ou mulher falando que homem é tudo igual... mew as vezes eu acho que a humanidade deveria discutir sobre coisas mais importantes ao invés de ficar dizendo asneiras ao próximo.

    O que acho estranho são mulheres falando coisas machistas tipo: '' Isso não é lugar de mulher" ou "Eu queria sim. Mas não vou porque sou mulher" ou então quando homens falam "sou homem, sou igual aos outros" ou "Eu traio mesmo pq sou homem"... e por aí vai, esse mundo é muito ridículo, as vezes não sei se este é mesmo meu lugar.

    ResponderExcluir
  3. Agora, não tenho nada contra os movimentos feministas... como os movimentos em que elas exigiam direito de voto (no passado né)... só não gosto de algumas atitudes feministas que algumas mulheres impõe sobre os homens.
    (só esclarecendo)

    ResponderExcluir
  4. Olá, Krebis, tudo bom?

    Obrigada por visitar nosso blog e dar sua opinião.
    Debater é tudo.

    Mas essas atitudes de mulher falando que homem é tudo igual... Não são atitudes feministas, e sim FEMISTAS, (ou sexistas). Como eu sempre digo, o FEMINISMO não é o oposto do MACHISMO. Tem mulheres que são PseudoFeministas, que dizem que mulheres são melhores que homens e blábláblá. Essas mulheres não são feministas. São "femistas", o femismo realmente é o oposto do machismo, já o FEMINISMO é a igualdade.

    Feminismo não prega a mulher dominar o mundo. Prega o homem e a mulher dominando juntos.

    Enquanto o sexismo existir, vai continuar essa eterna guerra do sexos para sempre. Esses eternos tabus e essas eternas restrições. Mulher não pode jogar futebol, que é sapatona. Homem não pode ser cabelereiro, que é viado. Sabe esses preconceitos?... Têm que acabar.

    Espero que nos leia sempre.

    Obrigada,

    Nikk

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente com o que o Krebis disse, excelente blog!

    Já ouviu falar sobre masculinismo?
    Gostaria da sua opinião sobre isso.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Masculinismo

    Desejo sucesso para vcs.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Dee
    Tudo bom?

    Eu li o artigo sobre masculinismo e eu simplesmente adorei. Eu acho que o os homens acharem que não for justo, têm que reivindicarem mesmo, e sempre buscar a igualdade.

    Tem coisas que eu achei meio "exagerado". Como por exemplo, a parte que fala das campanhas de saúde, que falam mais das doenças das mulheres do que das dos homens. Só existem campanhas do Câncer de Mama e de útero porque ALGUÉM lutou para buscar isso. E esse alguém, é claro que é o público atingido pela doença, as mulheres.
    Então tudo que os homens quiserem mais, mais atenção a um determinado assunto, eles têm que correr atrás, lutar, conquistar, batalhar. Ganhar seu espaço. E não esperar cair do céu.

    Assim como o feminismo, não temos que esperar as coisas acontecerem ou "alguém" lutar pela nossa causa. Temos que fazer as coisas acontecerem, e agora.

    ResponderExcluir