quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

5 minutos de conversa

Eu vejo as pessoas
As mentalidades, os costumes
E eu me sinto só
Com toda a confusão da palavra solidão
Essa nossa que nos acompanha
E não nos deixa sozinhos

Como é triste viver
Como é injusto ter a opção
De ser feliz e satisfeito
Mas isso ser proibido
Ser discriminado
Você discriminado na solidão

Como manter sua personalidade
Num mundo onde todos tentam adequar-se?
Como continuar pensando como o excluído
O diferente, o anormal, o amoral, o louco.
Você pode não ter a verdade absoluta
Mas você faz a sua própria verdade, não a de outrem.

Por que você não pode manifestar-se
Por que não pode revidar alguém?
Você pode estar totalmente enganado
Mas você tem o direito de errar
Só porque você tem o direito de pensar
Então pensa!

Deixa a tua marca
Onde quer que você passe
Seja lembrado
Mas pelo amor de Deus
Seja alguém com quem valha
míseros 5 minutos de conversa.



Le feminisme ou la mort!

domingo, 16 de janeiro de 2011

Miss Kittin - A musa do electroclash

Você provavelmente nunca ouviu falar dela. Porque é tão mais fácil as pessoas falarem de criaturas como MC Créu...MC Catra...Mulher Melancia...entre outras porcarias... Do que falar de coisas diferentes, interessantes, originais e de qualidade.
Miss Kittin, nascida em Grenoble, na França em 1973 é uma cantora e DJ francesa de electroclash music, que é uma ramificação da musica eletrônica. O electroclash é um estilo mais voltado ao electro dos anos 80, tendo explodido por volta dos anos 2000.
Mas voltando à senhorita Kittin... Eu começei a ouvir suas músicas por acaso, e o que me chamou a atenção foram as letras fáceis de se entender (em inglês), fortes, agressivas, modernas, diferentes.
Ela realmente é uma mulher de conteúdo, sem futilidades. E fala o que pensa.

Aqui vai a tradução da musica "Barefoot tonight"

Descalça esta noite


Hora do show, subo no palco
Vestindo sapatos muito altos para mim
Eu não preciso deles para ser uma dama
E chutar umas bundas descalça esta noite



Grite!


Tenho meu dedo no gatilho
Começo a gritar no microfone
Plugo no meu pedal Batfuzz
Para chutar umas bundas descalça esta noite


Operação chibata de pé, eu tenho orgulho de ser uma garota moderna
Que não fica envergonhada em lojas de guitarra
Descendo as ruas com uma capa de chuva de leopardo
Sem piedade para seu ouvido, sou uma parasita 1,2,3,4
Estou pronta para chutar umas bundas descalça esta noite.

Hahaha... Achei engraçada a letra dessa música. É uma agressividade divertida! Bem Riot Grrrl (não que Miss Kittin tenha algo a ver com rock, mas parte do mesmo princípio: o FODA-SE)

Aqui vai mais uma tradução de música dela. Esta música é muito foda porque eu também odeio essa nova geração tosca que não fala nada que presta. "Pollution of the mind"

Poluição mental


As pessoas falam conversa fiada
Humanidade muito perto dos aeroportos
Estranhos, vocês me dão nos nervos
Olhos encarando-me
Rostos olhando infelizes
Dores de cabeça que não param, garanto


Oh... Poluição mental
Sejamos surdos e cegos às vezes
Oh... Poluição da espécie humana
Sejamos surdos e cegos


Andando com mau cheiro
Dormindo em hoteis barulhentos
Por favor, tomem, um banho de silêncio
Amigos limpam seu cérebro
Você, perdido em tristeza e dor
Sol pode brilhar de novo



Oh... Poluição mental
Sejamos surdos e cegos ás vezes
Oh... Poluição da espécie humana
Sejamos surdos e cegos

Outra música: Sunset Strip

Sunset Strip (é o nome de uma rua com a fama da Rua Augusta)


Esta é a história de uma musa pós-moderna
Protegida internacionalmente, e nada a perder
Ela era jovem, baladeira, ninguém esperando em casa
Seu nome era paixão, a inimiga do amor


Uma outra beleza desbotada na Sunset Strip


Quando nossa musa abusou de algumas substâncias
Sua reputação foi cortada em pedaços
Observando o céu, onde as verdadeiras estrelas pertencem
Ela sabia que se o sol descia, aquilo subia também


Uma outra beleza desbotada na Sunset Strip


De mil viagens ao País das Maravilhas
Ela continuou a jogar garrafas e SOS
Mas quando ela desmaiou nós observamos ela dormir
Uma outra beleza desbotada na Sunset Strip


E para não dizer que ela só fala de drogas, decadência, etc... Ela também fala de amor. Mas de uma forma diferente. Não-clichê: "Grace"

Graça


Tem um lugar no planeta
Onde eu posso repousar, onde eu posso descansar
É nos seus braços, no seu peito
Estou fora de equilíbrio
No estado de graça


Eu tenho medo de tomar muito espaço
Para nós esta sempre foi a questão
Eu estou a caminho de encontrar meu espaço
Aqui e agora no sabor da graça
Sabor da graça


Eu escuto um som, escuto o baixo
Como um punho no meu rosto
Sou um recém-nascido fora do ninho
Fui tocada pela graça
Tocada pela graça


Eu escuto o baixo, escuto o baixo
No meu rosto, no meu rosto
Tocada pela graça


Esse negócio de "tocada pela graça" parece de música evangélica. Mas eu entendi o que a Kittin quis passar.
E para finalizar o dia "Miss Kittin", uma música que a letra é bem rock 'n' roll... (lembrando que ela toca electroclash!) O nome da música é "MetalHead"

Cabeça de metal


Minha cabeça de metal está cavando meu próprio buraco
Eu não gosto disso como quem gosta de cair
Vamos pegar um martelo e destruir tudo ao redor
Colocar a raiva para fora quando as coisas ainda não estão do jeito que queremos


Sempre a pressão de nunca ser boa o suficiente
Pfff... Fora que estou correndo com meu cavalo de metal
Um cavaleiro na noite, só tem uma coisa que eu quero fazer
Dançar no escuro quando ninguém está falando contigo


Vamos fazer um som, tocar bem alto e bobo ao redor
Suar e se perder no som

Essa letra é a minha cara! ;) Essa semana eu andei colocando frases da Miss Kittin no orkut e MSN e ninguém sabia de onde eu as tirava. Agora sabem:  Miss Kittin




Le feminisme ou la mort! 
Nikk Lopes

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Machismo vem do berço

[banda Lucida]


Posso estar em coma e você nem perceber
Posso ser sol, posso ser chuva e sem mais me entorpecer
Posso seguir meus próprios passos e te encontrar nos meus acasos
Porque eu sou lucida, feminista, independente e de atitude!
A minha repulsa é ver você dominada por um cara que se acha no direito de se engrandecer
Mas esses mentes vazias terão que me entender

Revolução!
Mulher não é nenhum objeto
Revolução!
Nem inferior

Fraco é você que se diz superior
e acha que garotas não têm nenhum valor
Somente o fútil, o comum e o supérfluo lhe agradam
Não me intimidam suas idéias, significam nada
Desprotegida está sua mente pra revolução que lhe aguarda

Revolução!
Mulher não é nenhum objeto
Revolução!
Nem inferior.



Le feminisme ou la mort!